quarta-feira, junho 03, 2009

Desencarna Celme dos Santos Gomes


Desencarnou hoje, às primeiras horas do dia a nossa querida irmã Celme dos Santos Gomes,
esposa do querido José Gomes.
Ambos foram criados na Escola Jesus Cristo, respectivamente na "Casa da Criança", um orfanato de meninas e no "Lar dos Meninos" o mesmo para meninos.
O corpo de Celme foi velado na Sala Clóvis Tavares e o enterro deu-se no Cemitério do Caju, no Jazigo da Escola Jesus Cristo.
O irmão Rubinho fez uma despedida de nossa Celme e eu também quis falar para a família, uma vez que sinto-me irmão tanto de Celme, quanto de José.
Lembrei que a união dos dois é fruto de um sonho de Nina, que ao desencarnar na casa do Vovô Virgílio, pediu a meu Pai, para fundar um orfanato para menores desamparados.
Clóvis cumpriu a promessa a fundou dois orfanatos, que foram casas para aquelas crianças.
Duas delas, foram Celme e José.
Hoje na despedida de Celme, a segunda e a terceira geração dos "meninos" da Escola Jesus Cristo estavam presentes.
Na foto, dois momentos de Clóvis e Celme em Belo Horizonte, na época em que Clóvis levou a nossa querida Celme para tratamento na capital mineira aos cuidados do querido Rubens Romanelli.
Deus acompanhe e guarde a nossa já saudosa Celme!

2 comentários:

disse...

Certamente ela será muito bem recebida e cuidada pelo plano espiritual.Seu filho meu amigo Fabiano Gomes guardará boas lembranças de sua mãezinha.Fica na paz, amigão.

Juliana Tavares disse...

Que Deus abençoe e guarde Celme, filha da Escola Jesus Cristo! E que ela possa também ser recebida na Escola Jesus Cristo do plano espiritual...