sábado, março 08, 2008

CÉLIA LÚCIUS, SANTA MARINA- Apresentação


Apresentamos o perfil resumido do futuro e breve lançamento:




CÉLIA LÚCIUS, SANTA MARINA
Uma analogia das biografias católicas e maronitas de Santa Marina da Bitínia, com a narrativa de "50 Anos Depois", de Emmanuel, psicografado por Chico Xavier.


1. NAS ENTRELINHAS DE UM PREFÁCIO

Ler um livro é muito mais que conhecer o que está compreendido entre o primeiro e o último capítulo. Desde criança, aprendi com meu Pai a ler todas as partes de um livro. A capa é fundamental para se ler um livro. O título, o autor, a editora. As primeiras páginas contém informações importantes como o ano de publicação, quantas edições já foram feitas, quantos exemplares foram impressos. Isso também é parte do livro. O Prefácio é a introdução do assunto e não se admite que alguém inicie a leitura de um texto sem conhecer a alma do livro expressa em seu prefácio. O prefácio pode ser escrito pelo autor ou por alguém que apresenta o mesmo. Nos dois casos, a sua leitura torna-se indispensável. Ler o prefácio é preparar-se para o relato principal. A leitura apenas de um texto é feita em duas dimensões. Ao adentrar em um texto após a compreensão do prefácio é alcançar a terceira dimensão do relato. No caso específico de "50 Anos Depois", há motivos específicos pois Emmanuel dá os indícios de que havia uma narrativa velada pelas entrelinhas. Ele diz que os arquivos da Igreja registraram a história de Célia Lúcius, mas havia divergências entre datas e locais. No nono parágrafo, na oitava linha, diz Emmanuel: "A Igreja Romana lhe guarda, até hoje, as generosas tradições, nos seus arquivos envelhecidos, se bem que as datas e as denominações, as descrições e apontamentos se encontrem confusos e obscuros pelo dedo viciado dos narradores humanos." (...)

2. DOIS LIVROS DE BÊNÇÃO

Existe uma estreita relação entre o livro "50 Anos Depois", de Emmanuel e o Apocalipse, de João Evangelista. Os dois são chamados "livros de bênção", isto é os autores rogaram a Deus em seus escritos uma bênção para todos aqueles que os lessem. Eis as palavras do apostolo João, prometendo uma benção a quem ler e atender estas palavras psicografadas pelo discípulo a quem Jesus amava, do próprio Mestre:“Eis que venho em breve! Felizes aqueles que põem em prática as palavras da profecia deste livro.Fui eu, João, que vi e ouvi estas coisas. Depois de as ter ouvido e visto, prostrei-me aos pés do anjo que as mostrava.Mas ele me disse: Não faças isto! Sou um servo como tu e teus irmãos, os profetas, e aqueles que guardam as palavras deste livro.”


3. SANTA MARINA, O MONGE
Narra-se neste capítulo algumas traduções do inglês, do italiano, espanhol e catalão encontradas nas bibliotecas virtuais católicas e maronitas. A primeira delas, a maior e mais consistente é um excelente trabalho de pesquisa com referências e citações, muitas delas praticamente inacessíveis, uma vez que são documentos de bibliotecas de museus datados do início do século XX. Neste capítulo apenas apresenta-se a biografia e em um outro, serão apresentadas as analogias, as dessemelhanças e as suas prováveis causas já indicadas por Emmanuel. 1- Santa Marina, o Monge"Narra-se aqui a hagiografia segundo a tradição Maronita. Relata a tradição e as lendas sobre suas relíquias.


4. TEATRO E POESIA PARA SANTA MARINA
Apresento neste capítulo uma peça de Teatro sobre a vida de Santa Marina. É uma pálida visão do que foi a sua vida, entretanto é uma iniciativa louvável, uma vez que no nosso meio espírita, apesar de alguns grupos já haverem preparado algumas apresentações baseados na história do "50 Anos Depois", não foi ainda escrita uma peça para que possa ser montada nas diversas cidades brasileiras, divulgando a vida deste personagem legendário que é Célia Lúcius. a) SANTA MARINA, O MONGE ( Uma peça de Teatro)


5. CORRELAÇÕES BIOGÁFICAS
Algumas considerações devem ser estabelecidas entre as biografias encontradas, outras que citaremos pequenos trechos semelhantes e os relatos de “50 Anos Depois”.O primeiro ponto a ser observado é que a história conhecida do Frei Marinho/Santa Marina é apenas a história narrada por Emmanuel após a sua expulsão de casa na noite fatídica do retorno de Helvídio de sua longa viagem seguida da consecução equivocada da trama urdida por Cláudia Sabina.


6. CENAS DE UMA VIA CRUCIS
A nossa querida Wanda Joviano, a irmã da doce Célia, realizou em três anos consecutivos uma série de palestras sobre a alma abençoada de 50 Anos Depois. Em uma das exposições, apresentou-nos ela o roteiro realizado por sua irmã no sentido de alcançar o Mar Mediterrâneo e então Alexandria. Neste capitulo de imagens, destacamos algumas imagens do podemos chamar Via Crucis de Célia. Neste longo e doloroso caminho percorrido, Célia, num ato de renúncia absoluta, numa atitude genuinamente cristã, evade-se do lar, alcança terras estrangeiras e encontra com o seu anjo tutelar, Lésio Munacio.


7. DE VOLTA À PENÍNSULA ITÁLICA
No ano de 1980, em uma de suas palestras na Escola Jesus Cristo, disse meu Pai, exaltando a figura excelsa de Célia Lucius:"Numa ocasião, eu tive a felicidade de descobrir, numa livraria pobre do Rio - o chamado 'sebo' - uma pequena biografia de Santa Marina. Dei a Chico Xavier a pequena biografia e aos familiares de Célia Lucius reencarnados na época neste mundo


8. CIRO, DE ÉFESO
É preciso que se declare aqui que um estudo como este da vida de Ciro, o bem-amado de Célia Lúcius, é possível por que Emmanuel legou-nos o livro "50 Anos Depois". E a nossa querida Wanda Joviano, abriu mão da particularidade das mensagens psicografadas pelo nosso Chico Xavier no Culto do Lar de sua família e emprestou ao público espírita estas duas jóias psicografadas: "Sementeira de Luz", de Néio Lúcio, avô de Célia, e "Deus Conosco", de Emmanuel, que é Nestório, preceptor doméstico das jovens Helvídia e Célia Lúcius, em Roma. Estes livros são os bastidores dos romances de Emmanuel. Recebamos, pois esta oferta generosa de nossa amiga Wanda, por divulgar para proveito de todos, algo que por direito humano só a ela pertencia. Por direito espiritual, entretanto, considerou ela, que estas preciosidades devem ser conhecidas por todo o público que leu e amou "Há Dois Mil Anos", "50 Anos Depois" e "Renúncia". Esta literatura complementar emoldura os romances de Emmanuel, de forma que, se possível fosse, agregariam aos mesmos ainda mais valores espirituais.


9. QUEM É ESTE, POIS?
Vivemos uma época de supercomunicação. Há possibilidade de comunicação instantânea e de acesso absoluto em todo o globo. Isto significa que há região no planeta não coberta por satélite. A tecnologia já permitiu ao homem a onisciência e a onipresença.

6 comentários:

Luis disse...

Flavio
Este livro é de sua autoria?
Faz parte dele, portanto, aquela informaçÃO sobre a amamentação?
Fiquei feliz com este post seu.
Mas creio que deixa suspense quanto à autoria do projeto e dos textos a ele pertencentes como a peça e a poesia...
:)

Pedro disse...

Será a primeira Biografia de Célia Lúcius (Santa Marina) que reunirá fatos relatados pela psicografia de Chico Xavier e relatos da Igreja. Este livro realmente promete ser maravilhoso!

Pedro disse...

Apesar de termos uma literatura muito extensa e abrangente, estava faltando mesmo um livro que nos trouxesse a biografia de nossa querida Célia Lúcius, reconhecida pela Igreja Católica como Santa Marina. Se a Igreja a reconheceu como Santa sem conhecer a maior parte de sua história, que responsabilidade temos nós, espíritas, que a conhecemos... este livro não será apenas mais uma biografia; será uma prova irrevogável da mediunidade de nosso querido médium Chico Xavier.

Irmão Sol, Irmã Lua disse...

Oi Flávio,
Obrigado pela visita ao blog e pelas palavras de carinho. O que faço é simplesmente divulgar o pensamento de alguns Homens de Deus, como forma de levar algo de bom através dessa nova forma de comunicação que é a internet; confesso que tem me feito bem e tem me auxiliado bastante nas minhas meditações. A eles são todos os méritos.
Vou divulgar (com a sua concordância) em breve o querido livro de Célia.
Abraço carinhoso,
Benjamin.
P.S. Ah, só hoje li seu recado.

Gustavo Rangel disse...

Grato por sua visita e mais esclarecimentos sobre o produto homeopático. De certo, trará muitos benefícios aos leitores...Conto sempre com sua visita...abraços !!!

Caique1000 disse...

Olá, Flávio! Sou Caíque Assunção, espírita, professor de História e diretor teatral aqui na cidade do Rio. Dedico-me no teatro a peças espíritas, notadamente os romances de Emmanuel ( Há 2000 anos, 50 anos depois e Ave, Cristo!), todas com pesquisas históricas que tem sido elogiadas. escrevo para dizer que descobri por "acaso" a identificação de Célia com Marina, há alguns anos e achei fascinante a possibilidade de se comentar históricamente o que Chico psicografou. Tenho muitas imagens e textos da Roma Antiga. Se puder lhe ajudar... Não estou em nada familiarizado com blogs, mas meu e-mail é caiquenagipe@yahoo.com.br. Hoje aconteceu algo inusitado... talvez pelo fato de querer readaptar o 50 anos depois para teatro utilizando as informações da Wanda contidas no livro e esta de santa mMarina, sonhei que me levaram a uma fazenda, onde conversei com Maria e seus pais. O que acha? abços! Aguardo contato!