domingo, junho 17, 2007

De Lion à Paris


Flávio Mussa Tavares

A notícia do Consolador

Deu a esta humanidade Jesus,

Ensejando uma era de amor,

De justiça, de razão e luz.


Cumprindo sua solene promessa,

De Lion, à Yverdun e Paris,

Por Kardec a verdade se expressa

Em mil vozes, em fino verniz.


Concluiu-se extenso questionário.

O que é Deus? O que é vida? O que é morte?

Mais que um manual, um elucidário


Vindo de um plano extraordinário.

E nós, legatários desta sorte,

Vivemos seu sesquicentenário!

Um comentário:

Juliana disse...

Parabéns por tirar o 1o e o 2o lugar no concurso! Realmente mereceu...
Um abraço!